Infelizmente, o número de pessoas endividadas aumentou no começo de 2019 e, atualmente, 60,1% das famílias brasileiras estão com dívidas.

Essa não é uma situação muito agradável, e é preciso pensar em estratégias de renegociação para que seja possível ter um futuro financeiro tranquilo. Além disso, quem está com o “nome sujo” encontra dificuldades na aprovação de empréstimos e no financiamento da casa ou do carro — ou seja, a pessoa pode perder oportunidades.

Pensando nisso, neste post, abordaremos os principais erros cometidos por esses indivíduos. Com esse conhecimento, você poderá evitar essas situações e, assim, ter um futuro financeiro sem dívidas e mais tranquilo com a sua família. Vamos lá?

1. Não readaptar o estilo de vida

Muita gente está com dívidas porque vive um degrau acima do que poderia, ou seja, gasta mais do que ganha. Com o passar do tempo, não consegue pagar todas as contas e fica endividado.

Depois, quando percebe que isso foi um erro, tenta consertar a situação pedindo empréstimos, pagando o valor mínimo do cartão de crédito ou usando o limite do banco. Em todas essas ocasiões, os juros cobrados são altos e a dívida da pessoa cresce rapidamente, ficando cada vez mais difícil de pagá-la — e a situação só piorará.

Por isso, é importante descer alguns degraus e adaptar o seu estilo de vida conforme o que é possível pagar, gastando menos do que você ganha.

2. Usar linhas de crédito fáceis

Algumas linhas de crédito podem ser tentadoras por oferecerem boas condições, como longas parcelas e quantias altas para o empréstimo.

Porém, é preciso ter cautela: algumas delas, a longo prazo, podem complicar ainda mais a sua condição financeira, com novas dívidas por causa das altas taxas de juros cobradas. Isso é comum no cheque especial ou no rotativo do cartão.

Diante dessa situação, a melhor providência a ser tomada para resolver o problema é buscar a renegociação das dívidas acumuladas e procurar por um bom acordo. Dessa maneira, você eliminará rapidamente as despesas da sua vida.

3. Cair em promessas de limpar o nome sem pagar

Não caia no papo de pessoas desconhecidas que fazem promessas de salvar a vida de quem está com problemas financeiros e acabar com as dívidas sem pagar nada — trata-se de um golpe!

Na maioria das vezes, elas dizem que conseguem livrar os endividados dessa situação por meio da compra de materiais que fornecem orientações sobre como fazer isso.

A única forma de “limpar o nome” é renegociando a dívida com o credor. Isso pode ser feito por meio de plataformas on-line, mutirões de renegociação etc. Nesses casos, são negociados a taxa dos juros e os prazos de pagamento.

4. Não buscar formas de refinanciar ou renegociar a dívida

Trata-se de um dos principais erros cometidos pelas pessoas endividadas. Quando o indivíduo não busca formas de renegociação ou refinanciamento (procurando um crédito mais barato, como o empréstimo consignado, por exemplo), a dívida acumulará rapidamente e ficará difícil de pagá-la depois.

As dívidas são uma das principais dores de cabeça de muitas famílias. No entanto, com algumas dicas, esse problema pode ser resolvido e você terá um futuro financeiro tranquilo. Entre algumas providências estão a adaptação do estilo de vida de acordo com a sua renda e a procura por opções de renegociação ou refinanciamento da dívida.

Gostou do post sobre os principais erros cometidos pelas pessoas endividadas? Está interessado em resolver esse problema? Então, entre em contato conosco para que possamos ajudá-lo a sair dessa situação!

Escreva um comentário