Categoria

Educação financeira

Categoria

Entenda agora as diferenças entre gastos fixos e variáveis!

Todos sabem que a economia do país não vive os seus melhores momentos. Ainda assim, é possível manter o controle sobre as finanças pessoais. Para isso, é preciso entender o orçamento — em especial, as diferenças entre gastos fixos e variáveis —, criando estratégias para reduzir o consumo e, por fim, mantê-lo sempre sobre controle. Se você quer saber como controlar o seu dinheiro, este post é para você. Nele, vamos explicar o que são gastos fixos e variáveis, seus conceitos e diferenças, e como identificá-los. Depois, vamos mostrar a importância de manter o seu orçamento sob controle, com algumas dicas para ter sucesso nessa ação. Acompanhe! O que são gastos fixos e variáveis? Os gastos fixos são aquelas despesas que precisam ser pagas periodicamente, tais como: aluguel ou prestação da casa; condomínio; convênio médico; conta de internet; mensalidade da escola ou da faculdade; conta de energia elétrica; conta de telefone fixo e celular; conta de…

Cartão de crédito emprestado: 5 motivos para você nem pensar nisso

É cada vez mais inegável que os cartões de crédito fazem parte da vida do consumidor moderno. A facilidade desse tipo de crédito, bem como a integração com as novas formas de pagamento e dispositivos móveis trazem bastante comodidade nas transações sem precisar do dinheiro físico. O crescimento exponencial do seu uso é um dos grandes destaques da economia moderna. Dados recentes da Abecs (Associação Brasileira das Empresas de Cartões de Crédito e Serviços) revelam que as compras com cartão subiram 14,5% em 2018, movimentando R$ 1,55 trilhão, o que equivale a 22,8% do PIB brasileiro. Na prática, ocorrem quase 36 mil transações por cartão a cada minuto. Porém, várias pessoas ainda desconsideram hábitos essenciais para proteger o seu cartão e usá-lo corretamente, o que pode causar grandes problemas. Um desses costumes é ter o seu cartão de crédito emprestado para uso de outra pessoa. Ao longo deste artigo, vamos…

Cartão de crédito emprestado: 5 motivos para você nem pensar nisso

É cada vez mais inegável que os cartões de crédito fazem parte da vida do consumidor moderno. A facilidade desse tipo de crédito, bem como a integração com as novas formas de pagamento e dispositivos móveis trazem bastante comodidade nas transações sem precisar do dinheiro físico. O crescimento exponencial do seu uso é um dos grandes destaques da economia moderna. Dados recentes da Abecs (Associação Brasileira das Empresas de Cartões de Crédito e Serviços) revelam que as compras com cartão subiram 14,5% em 2018, movimentando R$ 1,55 trilhão, o que equivale a 22,8% do PIB brasileiro. Na prática, ocorrem quase 36 mil transações por cartão a cada minuto. Porém, várias pessoas ainda desconsideram hábitos essenciais para proteger o seu cartão e usá-lo corretamente, o que pode causar grandes problemas. Um desses costumes é ter o seu cartão de crédito emprestado para uso de outra pessoa. Ao longo deste artigo, vamos apresentar cinco riscos…

Por que investir em um seguro de vida familiar? Entenda mais

Guest Post produzido pelo parceiro Cible Seguros Quando você tem uma família, não é possível pensar só em si mesmo diante de qualquer decisão, não é mesmo? Afinal, você precisa levar em conta a segurança das pessoas que vivem com você e pensar no impacto de cada decisão para o futuro dos seus dependentes. Portanto, quando se fala em seguro de vida, a história não é diferente. Além de garantir a própria proteção, é essencial que você entre em contato com uma corretora de seguros para proteger também os seus familiares em relação ao futuro. É aí que entra o seguro de vida familiar! Quer saber mais sobre isso? Continue a leitura e descubra! O que é e como funciona o seguro de vida familiar? Morte e acidentes são assuntos difíceis de serem tratados, principalmente com pessoas próximas. Porém, isso pode acontecer na vida de qualquer um, sendo importante que você esteja preparado…

Infidelidade financeira e a importância do orçamento familiar

Um presente para o parceiro ou para a parceira cuja as condições financeiras não permitem, um valor que some da poupança mensalmente, uma carta de um banco que uma das partes do casal não sabia que existia. Esses podem ser alguns sinais de um problema pouco discutido na sociedade: a infidelidade financeira. Olhando separadamente, podem parecer, em um primeiro momento, ações completamente inocentes, porém, elas acabam tendo efeitos destrutivos na vida a dois e no casamento. Quer saber mais sobre o assunto? Então continue a leitura! O que é a infidelidade financeira? Embora muitos o considerem um tabu, o tema finanças é uma parte importante na vida de um casal. O conhecimento que um tem das finanças — valor recebido, gastos, reserva financeira, investimentos, compras, etc. — do outro é que vai fazer com que ambos alcancem suas metas juntos. Assim, a infidelidade financeira é justamente quando uma das partes esconde essas informações…

Posso comprar um carro mesmo com o nome sujo? Entenda mais sobre

É possível comprar carro com nome sujo? Essa pergunta causa dor de cabeça em muitas pessoas. Estar endividado já é um problema, mas a incerteza se é ou não possível comprar algo gera insegurança. Será, então, que estar negativado realmente é um impeditivo? Uma pessoa pode, por exemplo, comprar moto parcelada com o nome sujo? A verdade é que, por ser um bem de valor um pouco mais alto, muitas vezes, torna-se difícil realizar o sonho do veículo próprio, já que as empresas temem que o cliente não consiga pagar o financiamento e estabelecem critérios bem severos com a finalidade de reduzir seus riscos. Mas, apesar dos empecilhos, é importante ressaltar que não é impossível para uma pessoa com dívidas comprar um veículo por meio de um parcelamento. Neste post, apresentamos algumas saídas para resolver o problema e permitir que você compre o automóvel que tanto deseja! Ficou interessado? Então,…

Independência financeira: veja as vantagens e como começar agora mesmo

Você sabe o que significa independência financeira? Uma dica: não se trata apenas de ter um bom emprego, um alto salário ou poder pagar as próprias contas. Se essas foram as suas respostas e você ficou confuso, não precisa se preocupar, pois, preparamos um conteúdo que vai ajudá-lo a sanar suas dúvidas a respeito do assunto. Neste texto, apresentaremos e esclareceremos as vantagens da independência financeira, daremos dicas sobre como conquistá-la de forma simples e, ainda, falaremos sobre como alcançar esse objetivo pode fazer bem para a autoestima. Ficou interessado? Então, continue a leitura! O que é a independência financeira? Ter independência significa não depender, certo? Sendo assim, ser financeiramente independente é não precisar de nada ou de ninguém financeiramente. O erro comum que muitas pessoas cometem é achar que não depender dos pais ou outros parentes já é ter independência financeira, mas não é. Se você perder o emprego,…

Conheça boas práticas para realizar um orçamento familiar!

Definir um orçamento familiar é indispensável aos brasileiros. Afinal de contas, a falta de planejamento, além de levar muitas pessoas ao endividamento, impede de realizar os seus sonhos — como fazer uma viagem ao exterior, abrir o próprio negócio ou comprar um carro. Algumas questões externas, como a perda do emprego, acidentes ou até crises econômicas, podem impedir que a sua família tenha um futuro tranquilo e próspero. Mas há fatores que só dependem de você e que podem ser controlados, possibilitando um bom planejamento. Por isso, neste post, vamos dar algumas dicas que vão ajudá-lo a planejar as suas finanças. Continue a leitura! Faça um diagnóstico financeiro Primeiramente, analise como está a sua situação financeira. Pense nos problemas, nas dívidas, rendas, contas que costumam ser pagas e avalie o padrão de vida. Após essas reflexões, veja o que pode ser mudado. Note se há gastos supérfluos a serem cortados, se…